Cara ou Coroa

O que Romero Britto e Mauricio de Sousa têm em comum? Medalhas!

Felipe Branco Cruz

20/01/2018 08h01

O que Romero Britto e Mauricio de Sousa têm em comum? Alguns poderiam apontar que os dois são, atualmente, os artistas brasileiros mais reconhecidos no exterior. Talvez outros dissessem que os traços multicoloridos de Britto são semelhantes a uma história em quadrinhos, como as de Mauricio de Sousa.

Não. Nada disso. Eles não têm nada em comum. Exceto por uma coisa.

Os dois, até o momento, são os únicos artistas brasileiros que receberam ainda em vida uma medalha comemorativa lançada pela Casa da Moeda do Brasil. Outras personalidades vivas já foram homenageadas, como o papa Francisco, por exemplo. Mas na categoria dos artistas, só o Mauricio de Sousa e o Britto mesmo. Os demais, só tiveram essa honra depois de mortos, como Luiz Gonzaga, Carybé, Mestre Vitalino, entre outros.


Leia também:


A homenagem a Romero Britto foi feita no final de 2017 e, ao todo, foram lançadas três medalhas especiais de bronze, bronze dourado e prata, que podem ser compradas por qualquer pessoa no site do Clube da Medalha, com preços que vão de R$ 70 a R$ 245.

Para quem não sabe, a Casa da Moeda do Brasil, além de cunhar as moedas que usamos no dia a dia, também lança medalhas comemorativas que ficam à venda no site e, depois de alguns anos, acabam virando valiosos itens de colecionador.

Mauricio de Sousa, por sua vez, foi homenageado em 2015 com medalhas de ouro, prata e bronze, com preços bem mais altos. A medalha de ouro do cartunista, já esgotada (foto), por exemplo, custava R$ 16.235. Foram lançadas apenas 20 unidades. As outras, feitas de materiais mais baratos, variam entre R$ 70 a R$ 220 e ainda estão disponíveis para a venda.

Romero Britto, que tem as suas obras estampadas nos mais diferentes produtos, como quebra-cabeças, canecas, bolsas, malas, botas, vodcas, carros e guarda-chuvas, entre outros (veja abaixo), agora também tem uma medalha para chamar de sua.

Alguns produtos que já estamparam obras de Romero Britto


Até Sérgio Cabral Filho, ex-governador do Rio de Janeiro, condenado a 87 anos de prisão em quatro processos, e sua mulher Adriana Ancelmo, já foram retratados pelo artista. Os dois quadros abaixo, aliás, foram avaliados pela Polícia Federal em R$ 23,6 mil e R$ 51,1 mil respectivamente, como mostrou essa reportagem da Folha de S.Paulo.


De volta às medalhas, um detalhe interessante é que seu reverso é colorido, com uma reprodução da obra “A New Day”, de Britto. Já o anverso traz um autorretrato do artista com um coração alado.

Ao todo, foram confeccionadas dez mil medalhas com diâmetro de 40mm, sendo 8.000 de bronze, 600 de prata e 1.400 em bronze dourado.

Pronto! Se você achava que não poderia ver mais obras de arte do Romero Britto em nenhum outro lugar, agora já sabe: ele pode estar até em seu bolso.

Veja como as medalhas ficaram:

Moeda de bronze dourado de Romero Britto (R$175,00)


 

Moeda de bronze de Romero Britto (R$ 70)


 

Moeda de prata de Romero Britto (R$ 245)


Siga o blog nas redes sociais e não perca nenhuma atualização:

Sobre o Autor

Felipe Branco Cruz coleciona moedas e curiosidades. É jornalista com mais de 10 anos de experiência, com passagem pelos principais veículos de comunicação do país. Atualmente é repórter de entretenimento do UOL, onde escreve sobre cultura pop, música, cinema e comportamento.

Sobre o Blog

Cara ou Coroa é o blog de numismática do UOL. Por aqui você encontra reportagens e curiosidades sobre as cédulas e moedas do Brasil e do mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
UOL Economia
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
UOL Economia
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Cara ou Coroa
Topo