IPCA
0.01 Jun.2019
Topo
Cara ou Coroa

Cara ou Coroa

Euro pra quê? Máfia está usando a antiga lira como moeda paralela na Itália

Felipe Branco Cruz

2018-07-20T19:08:52

18/07/2019 08h52

Li recentemente uma reportagem da Bloomberg que achei interessante repercutir aqui no blog. A máfia italiana está usando a antiga moeda do país, a lira italiana, para fazer negócio entre seus integrantes, descartando o euro!

A lira, que saiu de circulação em 2002, quando o euro foi implementado, virou uma espécie de dinheiro paralelo do crime organizado no país. Imagine se a moda pega aqui no Brasil, e o tráfico passa a usar os cruzeiros?

Leia também:

Giuseppe Arbore, representante da "Guardia di Finanza" (equivalente a um fiscal da Receita Federal do Brasil), disse em uma audiência parlamentar que descobriu grandes quantidades de liras. 

"Quando uma cédula é aceita por uma organização internamente, mesmo que esteja fora da lei como um valor legal, ela pode liquidar transações. Estamos obviamente falando de organizações ilícitas", contou.

Arbore não explicou, no entanto, como e se o dinheiro seria trocado por euros e qual seria a taxa de câmbio.

A declaração de Arbore foi usada pelos políticos como argumento para evitar que vá para frente um projeto de implementação de uma moeda paralela ao euro na Itália.

Esta nova moeda seria usada apenas para uso doméstico, como pagar benefícios sociais e impostos. As empresas privadas teriam a opção de aceitá-las ou não.


Siga o blog nas redes sociais e não perca nenhuma atualização:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Felipe Branco Cruz coleciona moedas e curiosidades. É jornalista com mais de 10 anos de experiência, com passagem pelos principais veículos de comunicação do país. Atualmente é repórter de entretenimento do UOL, onde escreve sobre cultura pop, música, cinema e comportamento.

Sobre o Blog

Cara ou Coroa é o blog de numismática do UOL. Por aqui você encontra reportagens e curiosidades sobre as cédulas e moedas do Brasil e do mundo.