Topo
Cara ou Coroa

Cara ou Coroa

Reunião de Trump com Kim Jong-un é cancelada, mas não medalha comemorativa

Felipe Branco Cruz

25/05/2018 16h14


No dia 12 de junho, o presidente americano, Donald Trump, se encontraria com o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, mas nesta quinta-feira (24), a Casa Branca anunciou que a reunião havia sido cancelada.

Era para ser um encontro que entraria para a história, desses que merecem ficar imortalizados em uma medalha comemorativa. O que, de fato, ficou. Só faltou a reunião acontecer de verdade.

As medalhas foram produzidas pela White House Communications Agency, uma unidade militar de elite que protege o presidente. O que é boa notícia para os colecionadores; afinal, uma medalha de um encontro que não aconteceu vai valer muito mais do que se a reunião entre os dois chefes de Estado tivesse realmente sido realizada.

A má notícia, no entanto, é que será muito difícil adquiri-la. De acordo com informações divulgadas pela própria Casa Branca, foram produzidas menos de 200 unidades e este tipo de moeda é para uso privado apenas por pessoas autorizadas. Além disso, elas nunca são colocadas à venda.


Leia também:


Uma das principais críticas com relação a medalha foi ter usado o termo "Líder Supremo", para o ditador Kim Jong-un. De acordo com uma reportagem feita pelo jornal The New York Times, a Casa Branca não teve nenhuma influência no design da medalha e que elas são produzidas exclusivamente pela White House Communications Agency.

Mesmo assim, nas redes sociais, diversos analistas políticos criticaram o uso do termo "Líder Supremo" ao se referir a Kim Jong-un.

A medalha mostra as imagens de Trump e Kim Jong-un de perfil, um de frente para o outro, com suas respectivas bandeiras ao fundo, e divididos por uma linha semelhante àquela que separa a Coreia do Norte da Coreia do Sul, na Zona Desmilitarizada, no paralelo 38.


Correção

Informei incorretamente aqui neste post que a medalha seria vendida pela loja de suvenires da Casa Branca. O site oficial da loja da Casa Branca divulgou um comunicado nesta sexta-feira esclarecendo que esta medalha não seria vendida por eles e, sim, outra bem semelhante (leia aqui o comunicado oficial, em ingês).

"A moeda oferecida aqui é sobre as eventuais conversações de paz com a Coreia e, rezamos para isso, a reunião comemorativa. Esta moeda é muito similar a outra e confiada ao mesmo designer", diz o comunicado assinado pelo diretor da loja Tony Giannini.

Atualização

Depois que publiquei este post, Donald Trump voltou atrás e decidiu manter o encontro com Kim Jong-un. Portanto, se nada mudar de novo, no dia 12 de junho, o presidente americano se encontrará com o líder norte-coreano às 9h em Singapura.


Siga o blog nas redes sociais e não perca nenhuma atualização:

Sobre o Autor

Felipe Branco Cruz coleciona moedas e curiosidades. É jornalista com mais de 10 anos de experiência, com passagem pelos principais veículos de comunicação do país. Atualmente é repórter de entretenimento do UOL, onde escreve sobre cultura pop, música, cinema e comportamento.

Sobre o Blog

Cara ou Coroa é o blog de numismática do UOL. Por aqui você encontra reportagens e curiosidades sobre as cédulas e moedas do Brasil e do mundo.