Topo
Cara ou Coroa

Cara ou Coroa

Você sabe como surgiu e o que significa o sinal de cifrão?

Felipe Branco Cruz

25/07/2018 08h34

Você sabe como surgiu o sinal "$", o cifrão, usado para representar o dinheiro? Não? Aparentemente ninguém sabe também.

Esta é a típica pergunta para a qual não há uma resposta 100% verdadeira, já que existem várias versões para ela. Fui buscar a resposta na Casa da Moeda do Brasil e no Departamento do Tesouro Americano, e cada um me deu uma versão da origem do cifrão diferente.

Vou contar essas duas versões, e você decide qual é a mais legal. Porque, aparentemente, não há consenso sobre a verdadeira.


Leia também:


O monumento às Colunas de Hércules, em Gibraltar


Casa da Moeda do Brasil

Copio e colo abaixo, na íntegra, a versão disponível no site da Casa da Moeda do Brasil:

"A origem do cifrão data do ano 711, da era cristã, quando o general Táriq-ibn-Ziyád comandou a conquista da Península Ibérica, ocupada até então pelos visigodos. Existem duas versões sobre o caminho percorrido pelo general árabe. Na primeira, Táriq teria partido de Tânger, cidade de Marrocos, da qual era governador.

Na segunda, Táriq teria saído da Arábia e passado pelo Egito, desertos do Saara e da Líbia, Tunísia, Argélia e Marrocos. De lá, ele teria cruzado o estreito das Colunas de Hércules e chegado à Península Ibérica.

Após a viagem, Táriq teria mandado gravar, em moedas comemorativas, uma linha sinuosa, em forma de "S", representando o longo e tortuoso caminho percorrido para alcançar o continente europeu. Cortando essa linha sinuosa mandou colocar, no sentido vertical, duas colunas paralelas, representando as Colunas de Hércules, que significavam a força, poder e a perseverança da empreitada. O símbolo, assim gravado nas moedas, se difundiu e passou a ser reconhecido mundialmente como cifrão, representação gráfica do dinheiro".

Tesouro Americano

Agora, a versão americana, publicada no site do Departamento do Tesouro Americano. Ela diz que as letras "P" e "S" passaram a ser escritas sobrepostas para abreviar as palavras "peso", que foi uma das moedas usadas no país antes de sua independência. Traduzo abaixo o trecho que fala sobre o tema.

"A origem do sinal '$' tem várias explicações, no entanto, a mais amplamente aceita diz que o símbolo é resultado da evolução do 'P' mexicano ou espanhol usado para representar as moedas peso ou piastras. A teoria, derivada de um estudo de manuscritos antigos, afirma que o 'S' gradualmente passou a ser escrito sobre o 'P', desenvolvendo um equivalente a '$'. Foi amplamente utilizado antes da adoção do dólar dos Estados Unidos em 1785".

Folclore

Há ainda outras duas explicações folclóricas para o surgimento do cifrão. Embora não verdadeiras, elas são bastante criativas.

A primeira teoria diz que o terceiro presidente dos Estados Unidos, Thomas Jefferson, inventou o sinal como um monograma para TS.

A segunda teoria foi criada pela escritora Ayn Rand, no livro "A Revolta de Atlas" (1957), em que ela afirma que o sinal é o monograma para as letras "U" e "S", de "United States", sendo que a base do "U" ficava sobreposta pelo "S", dando a entender que se tratava de dois traços.

As duas teorias folclóricas não podem ser consideradas verdadeiras porque foram formuladas após a Independência dos Estados Unidos, quando o símbolo já era amplamente utilizado.

O cifrão, com seus traços, serviu como base também para a criação de símbolos monetários, como o euro , a libra £, o yuan ¥, a rúpia e o won .


Siga o blog nas redes sociais e não perca nenhuma atualização:

Sobre o Autor

Felipe Branco Cruz coleciona moedas e curiosidades. É jornalista com mais de 10 anos de experiência, com passagem pelos principais veículos de comunicação do país. Atualmente é repórter de entretenimento do UOL, onde escreve sobre cultura pop, música, cinema e comportamento.

Sobre o Blog

Cara ou Coroa é o blog de numismática do UOL. Por aqui você encontra reportagens e curiosidades sobre as cédulas e moedas do Brasil e do mundo.