Topo
Cara ou Coroa

Cara ou Coroa

Você sabe quantas mulheres já apareceram no dinheiro do Brasil?

Felipe Branco Cruz

19/12/2017 08h00

Responda rápido: quantas mulheres você já viu estampadas nas cédulas brasileiras?

Pergunta difícil, não é?

Conversei com várias pessoas e a maioria delas precisou de alguns minutos para se lembrar. Teve gente que nem soube responder. E não é para menos. Afinal de contas, o Brasil homenageou só duas mulheres em suas cédulas: a Princesa Isabel e a escritora Cecília Meireles. E se você tem menos de 23 anos, nunca usou nenhuma delas no mercado.


Leia também:


Mulheres nas cédulas brasileiras – Princesa Isabel e Cecília Meireles


Agora, quer saber quantos homens foram homenageados? Vinte e oito!

Acompanhe comigo: Getúlio Vargas, D. Pedro 1º, D. Pedro 2º, Pedro Álvares Cabral, Marques de Tamandaré, Duque de Caxias, Barão do Rio Branco, Marechal Deodoro da Fonseca, D. João 6º, Tiradentes, Santos Dumont, Marechal Floriano Peixoto, Castello Branco, Rui Barbosa, Oswaldo Cruz, Juscelino Kubitschek (pausa para respirar…), Heitor Villa-Lobos, Machado de Assis, Cândido Portinari, Carlos Chagas, Carlos Gomes, Carlos Drummond de Andrade, Augusto Ruschi, Marechal Cândido Rondon, Vital Brazil, Câmara Cascudo, Mário de Andrade e Anísio Teixeira. Ufa!

Sem contar as moedas. Atualmente, temos cinco homens nelas: Pedro Álvares Cabral, Tiradentes, D. Pedro 1º, Marechal Deodoro da Fonseca e o Barão do Rio Branco, que aparecem nos valores de 1, 5, 10, 25 e 50 centavos (todos já homenageados nas cédulas de papel).


Não precisamos ser economistas para perceber que essa conta está claramente desigual para o lado das mulheres, não é?


Antes que me corrijam. Eu sei que a atual efígie das nossas cédulas é a estátua de uma mulher. Só que não é uma mulher que existiu de verdade, e sim a representação mitológica da República (como expliquei aqui). Outros poderão apontar ainda a figura da baiana (falei dela aqui). De fato, a nota da baiana é um exemplo raro e lindíssimo, mas, ainda sim, não é de uma personalidade. Eu estou comparando apenas os brasileiros com nome e sobrenome. Neste caso, a conta é essa: Time das Mulheres 2 X 28 Time dos Homens (cada dia um "sete a um" diferente, né?).

As cédulas:

A cédula de 50 cruzeiros, que depois virou 0,05 cruzeiro novo, circulou no país entre 1967 e 1972 com a efígie da Princesa Isabel. No reverso, ela trazia o quadro "Lei Áurea", de Cadmo Fausto de Souza. Uma homenagem mais do que merecida, já que ela foi a responsável por acabar com a escravidão no Brasil.


Nos anos 80, a Princesa Isabel voltou a estampar as nossas cédulas no cruzeiro. Ela surgiu nessa série onde as imagens ficavam de cabeça para cima e de cabeça para baixo. Particularmente, eu sempre me confundi com elas. Nunca consegui enxergar direito os lados corretos ¯\_(ツ)_/¯. Já o reverso mostra a fotolitografia "La Cuisine a la Roça", de Victor Frond. A cédula de Cr$ 200 circulou entre 1981 e 1987.


A cédula de 100 cruzados novos trouxe a imagem da escritora Cecília Meireles e circulou entre 1989 a 1992. No anverso, ao lado da foto da autora, era possível ler alguns versos manuscritos de seus "Cânticos". No reverso, podíamos ver uma gravura que representava o universo lúdico das crianças no momento da aprendizagem. Depois de 1992, nenhuma outra mulher de renome apareceu nas notas brasileiras.


Reino Unido

O resto do planeta está muito melhor do que o Brasil quando o assunto é a representatividade feminina no dinheiro. Por exemplo, a pessoa mais retratada no mundo é uma mulher: a Rainha Elizabeth 2ª, do Reino Unido. Ao todo, desde 1935, 33 países já tiveram a foto da rainha em suas notas e moedas.

Além da rainha, a nova cédula de 10 libras, lançada recentemente, ganhou a imagem da escritora Jane Austen em seu reverso. A nota traz a frase "I declare after all there is no enjoyment like reading" ("Eu declaro que, na verdade, não há prazer como a leitura", em tradução livre), retirada do livro "Orgulho e Preconceito".

Veja abaixo:

Anverso com a imagem da Rainha Elizabeth 2ª

Anverso com a imagem da Rainha Elizabeth 2ª

Reverso com a imagem da escritora Jane Austen

Reverso com a imagem da escritora Jane Austen


Estados Unidos

Já o dólar há mais de 130 anos que não tem nenhuma mulher em suas cédulas. Há um movimento por lá para substituir a foto do presidente Andrew Jackson (que era escravocrata) por uma mulher.

Entre as opções estão a ativista Rosa Parks, a enfermeira Clara Barton e a feminista Betty Friedan. Mas, a favorita é Harriet Tubman, uma mulher negra que ajudou milhares de escravos a escapar para a liberdade. Porém, até o momento, as notas ainda continuam iguais.

A índia Pocahontas foi a primeira mulher a aparecer na nota de dólar, no valor de US$ 20, entre 1865 e 1869, só que ela não estava sozinha e, sim, no meio de um grupo de pessoas.

A primeira primeira-dama dos EUA, Martha Washington, foi a primeira mulher a aparecer sozinha nas cédulas americanas, entre 1886 e 1890, na nota de um dólar de prata.

Vale lembrar que outras figuras femininas já haviam sido representadas nas notas de dólar, só que eram figuras mitológicas e não mulheres históricas, que existiram de verdade.

Pocahontas está representada no reverso (parte traseira) da nota no dia do seu batismo, em 1613 ou 1614, numa igreja anglicana, quando recebeu o nome cristão de Rebecca. O desenho é uma reprodução do quadro de John Gadsby Chapman, de 1839, em exposição no Capitólio dos Estados Unidos.

No anverso (parte da frente) da nota (veja abaixo) no lado direito vemos uma mulher carregando a bandeira dos Estados Unidos. Ao que tudo indica, esta imagem representaria uma alegoria da Liberdade, a mesma da Estátua da Liberdade, em Nova York.

Veja abaixo:

Cédula de 1 dolar de prata com a imagem de Martha Washington

Reverso da cédula de US$ 20 que mostra o batismo de Pocahontas

Cédula de 20 dólares com a índia Pocachontas

Anverso da cédula de 20 dólares da índia Pocahontas


Em outros países:

Japão

Desde 2004 que as notas de 5.000 ienes estão estampadas com a imagem de Ichiyo Higuchi, escritora e poeta da era Meiji.


Argentina

Lançada em 2012, a nova cédula de 100 pesos argentinos é linda e traz a imagem de Evita Perón, a amada ex-primeira-dama do país.


México

Desde 2010, o casal de artistas plásticos mais famoso do México estampa as cédulas de 500 pesos mexicanos. No anverso está a imagem de Diego Rivera e no reverso, a de Frida Kahlo.


Polônia

A cientista e prêmio Nobel Marie Curie está na nota de 20.000 złoty, que circulou na Polônia entre 1989 e 1995. A cientista também já apareceu em algumas notas de francos, da França, antes do euro entrar em circulação. Quando completou 100 anos que Marie Curie venceu o prêmio Nobel de física, a Polônia emitiu uma cédula comemorativa de 20 złoty com o rostos da cientista no anverso e, no reverso, a medalha do Nobel. Veja abaixo os exemplos.


Israel

No país onde as mulheres são obrigadas a servir o Exército junto com os homens, há vários exemplos delas também no dinheiro.

Entre 1985 a 1999, a primeira primeira-ministra mulher de Israel, Golda Meir, ilustrou a nota de 10 shequel.

As novas cédulas de shequel, que ainda vão entrar em circulação, foram apresentadas neste ano e duas delas trazem imagens de mulheres. Ambas são famosas poetisas da língua hebraica. Rachel Bluwstein estará na cédula de 20 e Leah Goldberg, na de 100.


Síria

A famosa rainha Zenóbia, que governou Palmira, na Síria, no século 3, é retratada na nota de 500 qirsh sírios.


Colômbia

As novas cédulas de pesos colombianos, que já estão em circulação, também têm mulheres homenageadas. Na de 20 mil pesos está a antropóloga Virginia Gutiérrez de Pineda e na de 2 mil pesos, a artista Débora Arango. O modelo antigo dos pesos colombianos, que ainda está valendo, também tem uma mulher, na cédula de 10 mil pesos, com a heroína nacional Policarpa Salavarrieta, que lutou pela independência do país.


Nova Zelândia

A cédula de 10 dólares neozelandês homenageia a ativista pelo sufrágio feminino no país Kate Sheppard. A nota de 20 dólares também tem uma mulher: mais uma vez, a Rainha Elizabeth 2ª.


Turquia

A cédula de 50 liras turcas traz em seu anverso a imagem da escritora, colunista e ativista dos direitos das mulheres Fatma Aliye Topuz.


Austrália

O dólar australiano tem seis cédulas e há uma mulher e um homem em cada uma delas, intercalando a homenagem no anverso e no reverso. São elas: Rainha Elizabeth 2ª, Catherine Helen Spence (professora, jornalista e política), Mary Gilmore (escritora), Mary Reibey (empresária do século 18), Edith Cowan (política e primeira mulher eleita para o Parlamento) e Nellie Melba (cantora clássica), que está representada abaixo na cédula de 100 dólares australianos.


Filipinas

A cédula de 500 pesos filipinos traz a imagem do casal de políticos Corazón Aquino e o senador Benigno Aquino. Corazón foi a primeira presidente mulher do país e também na Ásia. Seu marido, que foi um político bastante famoso por lá, foi assassinado em um atentado no aeroporto de Manilla.


Suécia

A nota de 100 coroas suecas traz um retrato da atriz sueca e lenda de Hollywood Greta Garbo. A atriz sempre foi reclusa e, em seus 90 anos de vida, só concedeu 14 entrevistas.


Ucrânia

A cédula de 200 grívnia tem o retrato de uma das maiores escritoras do país, Lesya Ukrainka.


Uruguai

A cédula de 1.000 pesos uruguaios traz a poetisa Juana de Ibarbourou, considerada uma das maiores escritoras do país e enterrada com honras de estado.


Egito

Entre 1971 e 1996, as cédulas de 5 piastres do Egito exibiam o busto da rainha Nefertiti da 18ª dinastia.


Canadá

No dia 8 de março de 2018, o Canadá apresentou as novas cédulas de 10 dólares canadenses, que trazem a efígie da ativista Viola Desmond. Ela é a primeira mulher negra a aparecer nas notas do país. Ela é também a primeira mulher que não pertence à família real a ter essa honra. Sobre o lançamento desta nota, eu comento neste post aqui.

(O parágrafo acima, sobre a nova cédula do Canadá, foi adicionado no dia 09/03/2018)


E para você, qual mulher brasileira deveria estar no real?
Me diga nos comentários.


Siga o blog nas redes sociais e não perca nenhuma atualização:

Sobre o Autor

Felipe Branco Cruz coleciona moedas e curiosidades. É jornalista com mais de 10 anos de experiência, com passagem pelos principais veículos de comunicação do país. Atualmente é repórter de entretenimento do UOL, onde escreve sobre cultura pop, música, cinema e comportamento.

Sobre o Blog

Cara ou Coroa é o blog de numismática do UOL. Por aqui você encontra reportagens e curiosidades sobre as cédulas e moedas do Brasil e do mundo.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber